Nossa História

Nossa história começou em 1990, quando fomos presenteados com o Dachshund Miniatura de pelo curto Jung Von Eschweiler, Jung foi batizado por nós em homenagem ao famoso Jung um dos alicerces da Psicologia, sua mãe Beauty de Hannabella despontava nas pistas como um dos Dachshunds mais premiados da época e sua linhagem era de origem do conceituado canil Tallavast dos EUA. Não tínhamos noção no que estávamos entrando, nada foi premeditado, não sabíamos o que era pedigree, exposições, cruzamentos e tudo que se relacionasse ao mundo da criação de cães, morávamos em apartamento e vimos necessidade de Jung ter uma companheira canina para brincar assim trouxemos sua namorada Fama do Lesterwin do Rio Grande do Sul, na qual apelidamos de Florence, em homenagem a “mãe” das enfermeiras, mesmo com um casal de “salsichas” ainda assim queríamos mais! Talvez pela vocação de ser criador ou pelo nosso amor com os cães, de qualquer forma, chegou a Bombom, uma Beagle de criação da nossa amiga Fernanda Macedo do Canil Endless Summer e o rumo de nossas vidas mudou completamente, o apartamento ficou pequeno e fomos para uma casa, a 1º de muitas a virar canil!!!

Jung nosso 1º cão, Valério grande amigo que nos presenteou e Anderson Einstenn aos 15 anos brincando sem puder sonhar que 3 anos depois seria o melhor criador da raça no Brasil!

Uma pausa para um conselho, você que gosta muito de cães e não cria, não pense em mudar para uma maior, pois fatalmente você irá criar cães, e mais: quanto maior a casa, sítio, granja, se você tiver no seu sangue a vocação para criação vai ter dezenas de cães !!!

   

Chegando ao novo lar logo vieram novos cães e novas amizades surgiram, compramos uma Rottweiler a Panda, um Weimaraner a Gretna, dois Dachshunds Standards a Doce e seu companheiro Hurst e ainda ganhamos uma Dachshund Standard de pelo duro Phedora da nossa amiga e criadora Marilia Freire Baptista, tudo isto no ano de 1991. Assim conhecemos as “rivais” criadoras de Weimaraners : A nossa grande amiga e renomada criadora Ingrid Heins do Canil Nobiskrug (referência nacional como criadora e uma das mlhores criadoras do mundo de Weimaraner) e a nossa também amiga In-coelum Abreu do Canil Blue Chips e Cinotécnica da Globo, através delas fomos conhecer as exposições de Beleza. Nossos cães foram então ser treinados pelo grande mestre Mauricio Bispo.

 O  Bispo, na qual através do seu trabalho ímpar de adestramento, sua prazerosa companhia de anos nos rendeu muito conhecimento, aprendemos a treinar nossos cães e a expô-los. Sorte de principiantes! Logo de primeira obtivemos o melhor de raça com o Jung e o gostinho de vencer transformou o canil em menos de dois anos no melhor canil da raça do país e o terceiro melhor criador de cães do Brasil entre todas as raças tudo isto já no ano de 1993!

 

Em dois anos a casa ficou muito pequena e fomos para uma área 4 vezes maior, enquanto dentro deste “novo canil” nos deliciávamos com o manejo, passando noites e mais noites estudando pedigrees e cruzamentos, tirávamos centenas de fotos, fazíamos filmes e mais filmes, tudo para obter e selecionar cães e filhotes de excelente qualidade, nas “pistas” as amizades eram feitas e os resultados começavam a acontecer.

 
Nosso 1º cão de grande destaque, foi Hunter Jô Pirulito, nascido em 92, um Beagle filho da nossa 1º Beagle Bom bom, Zão seu apelido foi o melhor Beagle das Américas & Caribe e melhor de grupo no ano de 1993, com menos de 2 anos de idade e um dos melhores do Brasil entre 93 e 95, seus inúmeros finais de B.I.S, suas dezenas de raças e grupos e uma invencibilidade de quase um ano, o qualificaram assim!
Em 1993, nasceu a nossa grande vencedora, a Dachshund Standard de pelo duro, Hunter Jô Hasty Fine que em abril de 1994 foi sagrada aos 10 meses isso mesmo! Aos dez meses, Dachshund nº1 do Brasil e 6º Melhor cão do Brasil entre todas as raças, a Fifi foi entre 1994 á 1996 umas das Dachshunds mais premiadas do Brasil com quase cem melhores de raça e Grupo!
Em 1994, nasceram Hunter Jô Yauyn e Hunter Jô Miss Master Charge (Tatá), Yauyn era uma Dachshund Anã e foi o Dachshund mais premiado do Brasil no ano de 1995 e 1996, Fifi teve uma grande substituta, Yauyn ganhou vários finais B.I.S e a maioria com Juízes estrangeiros, na sua “sombra” Tatá sempre aparecia surpreendendo desbancando Yauyn, por ser Miniatura e muito pequenina Tatá encantava pela sua movimentação rápida e graciosa e também alcançou alguns finais B.I.S.
 

Em 1995 alcançamos o posto máximo que um criador almeja em seus sonhos e isto também se repetiu em 96 e 98: Nº1 do Brasil entre todas as raças! A partir deste ano vários cães faziam história mas especialmente nasceram dois Dachshund Standard de pelo curto, os rivais Hunter Jô Black Pepper o “Pepper” e Hunter Jô Unkempt o “Miolo”.

 

Pepper preferido de Anderson e Miolo preferido de Jô oscilaram entre 96 e 98 como os melhores Dachshunds standards da época, Pepper ficou conosco e Miolo foi para Minas Gerais com sua proprietária a grande amiga Fátima Oliveira, na qual foi durante todos estes anos uma das melhoras expositoras da raça, apresentando cães em excelente estado físico, do canil Apanuã que por sinal foi uma grande parceira tendo consigo vários cães vencedores de nossa criação e com diversos títulos de campeões: H.J. Uai né sô, H.J. Red BIS – Melhor da raça na única Nacional de Dachshund do Brasil ocorrida em 1998, H.J. Alabama o Bam-bam, H.J Arizona o “Negão”, H.J Cocoon,  H.J. Athenas “Domitila”, H.J Olodum, H.J Chipre o “Fonseca” e H.J.Citrus o “Nandão”.

Pepper logo em sua estréia venceu uma especializada aos 8 meses em Minas Gerais vencendo Fifi, Yauyn e Tatá e duas semanas depois aos 9 meses em São Paulo na maior exposição do ano sagrou-se vencedor de mini Best in Show e 2º de Best in Show adulto com quase 600 cães com o Juiz Sul africano Richard Masters que inclusive após a exposição tentou de todas as formas compra-lo, Pepper entre 1996 e 1998 venceu vários finais B.I.S quase todos com juízes estrangeiros.

Os anos se seguiram os resultados individuais eram diversos, os slogans de campanha nas revisas caninas eram o puro retrato da realidade: enquanto Hunter Jô Pirulito “dava água na boca”, um “Hunter Jô aos 4 cantos do Brasil” estava sempre “fazendo sua cabeça”. “Uma imagem valia mais que mil palavras e uma frase valia mais que mil imagens” Hunter Jô  era “sempre o melhor”.

Enviamos cães de excelente qualidade para diversos criadores espalhados pelo Brasil, como exemplos em Alagoas para a senora Marize Tenório, Hunter Jô Hazy Flake o Fufu, foi multi B.I.S, assim como H.J. Alwyn que além disso foi oficialmente o nº1 do Brasil em 1995 e outros que fizeram bela campanha. No Pará o senhor Mauricio Akataiassú foi muito feliz com os vencedores B.I.S H.J Raísa e H.J. Anick, no Espírito Santo o amigo Marcos Sandoval do Canil Pollyana grande criador de Pinscher e Dálmata, teve muito sucesso em expor e criar através dos cães adquiridos: H.J Dhalia, H.J Angola, H.J Pacotinho entre outros, no Rio Grande do Sul enviamos para o canil Von Sandburg um cão que foi um grande sucesso de criação e exposição o Dachshund Miniatura H.J Pagode, na mesma época H.J Athos brilhava para a alegria do Canil Rancho do Bola em São Paulo.

 
 
No Rio nossa terra natal, muitos cães fizeram grande sucesso muitos novos criadores surgiram, dezenas de proprietários tornaram-se expositores e devem guardar até hoje uma taça, medalha e foto de seu campeão, fazemos aqui uma homenagem a recém falecida amiga grande criadora Tuxa Borba, que expôs durante anos, o saudoso H.J Aleph, um “salsicha” inesquecível, companheiro inseparável de Tuxa, um filho, além de ter fechado todos os títulos possíveis e foi um grande padreador elevando o nome do nosso canil e do Canil Sensational´s.

No Piauí um capítulo á parte: nascia um novo canil em 1996 e fomos convidados para ir lá pessoalmente conhecer os futuros grandes criadores do Brasil e sua estrutura de criação, esta viagem gerou uma grande amizade e inúmeros cães H.J fizeram grande sucesso por lá como exemplos HJ Spike Lee o Miolinho, H.J. Special, H.J Jorn, H.J. Alessa, H.J Red Extreme.

Miolinho foi uma lenda no nordeste entre 97 e 99, nunca um Dachshund de pelo curto ganhou tantos finais B.I.S e detalhe na mão do seu proprietário.

Special, foi a 1º Dachshund Standard de nossa criação a vencer um 1º BIS e detalhe foi a 1º da raça a conquistar isto no Brasil.

Aliás bons tempos foram estes para nós criadores e proprietários de cães, nossos cães venciam em nossas mãos, não era preciso mais do que um cão de excelente qualidade e estar bem treinado! Os juízes não julgavam pelos títulos, não se baseavam pelas propagandas, os cães nacionais eram respeitados e ganhavam se eram melhores que os importados e um bom cão para se tornar vencedor não precisava necessariamente de um bom Handler. Nós ganhamos com quase 20 cães diferentes finais B.I.S e todos em nossas mãos, a sensação é muito boa e você ainda economiza por isto.

Saudosamente nesta época o Dachshund era criado em larga escala, era a sétima raça em registros no Brasil, existiam dezenas de criadores espalhados por todo o Brasil, as pistas eram lotadas de Dachshunds de todos os tamanhos e de todas as pelagens, as inscrições eram baratas e nós criadores podíamos colocar muitos cães ao mesmo tempo, os prêmios tinham mais criatividade e os concorrentes não eram desleais.

Como era gostoso e gratificante disputar com nossos amigos e rivais, como por exemplo o estudioso amigo, grande expositor, Juiz e árbitro da CBKC  Marco Antônio Faria Lima, foram anos nos encontrando nas pistas, ás vezes a mais de 700Km de casa, ganhando ou perdendo eram concorrentes que estudavam, investiam, conheciam o que faziam, eram amadores e profissionais ao mesmo tempo, criava-se por Hobby, não existiam criadores da moda, não criava-se esperando retorno comercial, muita coisa mudou, mas nós vivemos isso!

Para aqueles que não viveram esta época, um catálogo de exposição que constasse um Dachshund com estes nomes de canil era para se respeitar: Hannabella, Marlborough, Eschweiler, Grand Boulervard, Stallion’s, Treis Pinheiros, Falaketus, Leavylane’s, Macorê, Taquara I, Vale do rosário, Swanpool, Olympus Heaven’s, Sensational’s e Aquerúcia este nosso grande “rival” da renomada criadora Betty Lais do Rio Grande do sul, uma apaixonada pela raça, grande estudiosa e seus maravilhosos cães que não podemos deixar de citar: Capitão Rodrigo, Zé da Estrada, Domitila entre muitos outros.

Que os apaixonados pela raça Dachshund sempre lembrem a importância de cães importados que melhoraram e muito a criação no Brasil como exemplos: Add-sims Easy Goer, responsável por grande melhora no plantel de standard e base de criação de nossa linhagem de standards, importado pelos grandes criadores Carlos e Patrícia Pedroso do Canil Treis Pinheiros.

Add-sim’s Easy Goer que  também importaram Add-sim´s Black Bart, Add-sim´s Private Dancer, Além de vários cães de pelo duro, o canil Treis Pinheiros, foi e é um grande canil, o maior investidor da raça em todos os tempos sempre renovando nossas linhas de sangue com importações de grande qualidade. Add-sim’s Máster Charge trazido pelo saudoso e lendário Handler símbolo da profissão no país o mestre Flávio Werneck, este base de nossa criação nos Dachshunds miniaturas, de propriedade de Márcia Villas-boas e Drºa Laura, criadoras de respeito da cidade de Petrópolis, donas respectivamente dos canis Olympus Heaven’s e Hannabella. Outros cães importados de grande importância Tallavast Dressed to Kill, Rose Farm´s Jonhy on Note, Pruitt´s Pretty Boy Phloyd outro cão muito utilizado por diversos canis no Brasil.

 

Muitos H.Js fizeram sucesso e venceram raças, grupos e B.IS em outros estados como Minas Gerais, Pará, Goiás, São Paulo e Rio Grande do Sul.

Não podemos deixar de citar outros H.Js que foram responsáveis por grandes resultados individuais e coletivos:

- HJs – Aimlessly, Aghata, Áquila, Aimee, Forever, Simple Mine, Eternally, Kernell Key, Kiss Key, Tavane, Krisna, Krika, Choice, Beleléo, Jordan, Jôjô, Merry Pace, Meek Pace, Selquet, Maat, Rá, Jump, Aldrin, Rhesus, Raísa, Idd, Iná, Ingra, Anick, Alessa, Tayná, Tilly, Benin, Bradd, Exocet, Charlotte, Cover Girl, Golden Girl, Bélgica, Angola, Fumaça, Faísca, Belize, Pietra, Phrase, Phew Phew, Darling, Dhrunna, Circle, Coast, Cowboy, Crepe Suzette, Hair Flair, Cibelle, Baker Splendour, Byron Splendour, Bunker, Starlet, Beirute, Vênus, Saturno, Tenderness, Happiness, Laranjinha  e outros mais.

Em 1998, um capítulo especial em nossa história, os grandes resultados da 1º e única nacional da raça Dachshund, com a presença de 125 cães de vários canis e expositores de muitos estados realizada em outubro no ABC paulista, levamos 24 Dachshunds e vencemos praticamente todas classes, sexo e raças disputadas em nossa criação de Dachshunds de pelo curto segue as memoráveis fotos deste dia inesquecível:

 


Em 1999, fizemos duas importações uma com Antônio Marques o Dachshund Anão On-line for Tallavast do renomado canil Tallavast e o Dachshund Standard de pelo curto, Joy-dens Matador V Cameron, do Canil Joy-dens da renomada criadora Joyce Warren do Texas E.U.A, um dos melhores canis da raça no mundo, Eddie (Murphy) seu apelido foi rsponsável pela grande melhora no nosso plantel de Standards e também foi muito importante para o Canil Kakuriá, seus filhos campeões passam de 30 cães e detalhe somente o canil Hunter Jô e Kakuriá tiveram acesso em cruza-lo.
 
 
Enquanto os resultados individuais surgiam, o nome do Canil Hunter Jô, consolidava-se como um dos melhores do Brasil, veja que trajetória meteórica:
 
Ano Dachshund 4ºgrupo Top Ten
1993
1994
1995
1996
1997
1998
1999
2000 -
2001
 

Avaliando os resultados da década de 1990, o canil Hunter Jô, foi o melhor canil de Dachshund do Brasil e o melhor criador de cães do Brasil entre todas as raças.

Nos retiramos de campanha no de 2001, mudamos da capital do Rio para o interior do Rio de Janeiro, na cidade de Miguel Pereira no fim de 2002, onde passamos a criar de forma intimista até o fim de 2009, quando retormamos para o Rio de Janeiro

O canil Hunter Jô, passou de 2003 á 2009, criando de forma muito selecionada e importou novos cães nas quais começam a ser introduzidos na criação e apresentar bons resultados, as cadelas Lola e Patsy, ambas importadas da Malásia do grande Criador Goppy Krishnan do Canil Hacienda, seus nomes respctivamente: Hacienda I Like It Choc & Hacienda Godd Time Girl ambas Chocolates, cor inexistente nos Dachshund Standard em nosso país.

 

Estamos desde 2010, na cidade do Rio de Janeiro, em Pedra de Guaratiba

 

Lola também foi trazida em co-propriedade com Antônio Marques.

Em 2009, importamos o Dachshund Anão Criscross Eclipse Ms," CLIPPER" também carrega gen chocolate, filho de um dos maiores padreadores da atualidade Criscross Mean to Beat, da criadora Cris Natali, uma das maioras criadoras da raça no E.U.A do presente.

Em 2013, importamos da renomada criadora Americana Joyce Warren, o Campeão americano Joy-dens Midnight Express to Phoenix, "MID" é filho do lendário Phoenix, pai de + de 50 campeões americanos !

Mid fechou rapidamente seus títulos no Brasil e hoje se destaca como grande reprodutor, sendo pai dos vencedores rankings de standard de 2015 e 2016, além vários outros filhos campeões.

Também em 2013 importamos um miniatura da Rússia o Huguinho, Minidoglands Hugo Boss, que além de muito bonito e correto, está sendo um grande padreador, pai de mais de 1 dúzia de campeões, além de vencedores de raça em exposições gerais e especializadas e até de exposições internacionais.

Em 2014, trouxemos outro cão da Rússia, o Tosh, Excellmagic Wear Welfare, de cor tigrado, cor extremamente raro no Brasil, que  também está reproduzindo filhos lindíssimos.

Em 2014, importamos também o Baboo , Volscidachs Il grande Baboomba, da Itália do canil de Emanuel Merolle com um pedigree maravilhoso, Baboo fechou o seu campeonato Brasileiro e já trem vários filhos também de nossa criação brilhando nas competições de beleza do Brasil.

Também em 2014 trouxemos da Argentina , Aleli, dos criadores Carlos Dering e Jaqueline Furlan, Aleli Von Nordor,  foi  "escolhida a dedo"   tendo conquistado sexo oposto da naciona de 2015 e foi a grande vencedora da ancional de 2016 com o renomado juiz Edd Bivin, na maior especializada nacional realizada no Brasil.

Estamos obtendo grandes resultados com nossos cães desde 2010 nas exposições de beleza no Brasil e exterior, com vários cães diferentes, colecionando dezenas de títulos de beleza, campeonatos, grande campeonatos, panamericanos e internacionais.

Acumulamos vítorias em rankings de raça da CBKC e DOGSHOW, com kaninchens, miniaturas e standards, de pelagem curta e longa !

Criamos cães de grande destaque como Zíngara, vencedora do ranking de miniatura pelo curto de 2013, mãe e avó de vários cães de destaque da atualidade também vencedores de raankings e de nacionais como Zuretta, Zodiaco, Zanac, Ziraldo, Zé carioca  entre outros.

Dodô , Hunter Jô Salvador da Pátria, detentor de vários títulos  entre eles o internacional de beleza, o campeonato Argentino e o Vencedor del plata, ganhou vários finais BIS, enchendo de orgulho não só a gente como seu proprietário Otilio Rocha, também proprietário de Zanac.

Zanac, é um capítulo a parte na história de nossa criação,  um dos mais belos cães criados pelo nosso canil, um dos mais belos cães que já pude ver sem modéstia, Vencedor de importantes resultados no Brasil , vencedor do Ranking de 2015 e 2016, melhor da raça da nacional de 2015 e 2016, sendo  2º bis e 3º de  BIS da nacional  a mais importante exposição da raça no Brasil. Zanac em 2016 foi vencedor da raça miniatura SICALAM na Argentina, a mais importante exposição da América Latina concorrendo com dezenas de cães de outros países. 

Tootsie também é uma grande estrela, que também na SICALAM ganhou a raça como Kaninchen consagrando-se em único evento na Argentina o campeonato e o grande campeonato Argentino , o vencedor del plata e o vencedor SICALAM.

Ficamos muito felizes de hoje termos 12 cães de nossa criação com criadores Argentinos como Tamara Bopp, Diana Vogues, Claudio Marzano, Carolina Cabanãs, Alejandro Perrotti, Julieta Romero e Gabriela Luchese, Contribuindo para a criação neste país.

Na Rússia temos 2 cães campeões, Katie , Hunter Jo Cate Blanchett com Irina Romashova e Sassá , Hunter Jô Salve Jorge  com Ekaterina Belova.

Nas nacionais Brasileiras acumulamos grandes vitórias ,  sendo em 2015  : BIS Filhote, BIS Jovem e 2º e 4º de BIS Adulto, com 7 podiuns dos 12 possíveis.

Em 2016 inacreditável vitória da nacional, 1º, 3º e 4º de BIS filhote com Kazu, Lara Parker e Fedora Abdalla, 1º, 2º e 4º de Bis jovem com Eufêmia, Zé Carioca e Bélgica e ........

1º , 2º , 3º e 4º de BIS adulto com Aleli, Top Model, Zé Carioca e Ziraldo !!!!!!!!!!!

10 dos 12 podiuns e "tríplice coroa"  !!!

O Nosso grande orgulho são nossos arlequins que nos colocam hoje no cenário mundial da raça como uma referência mundial na criação de arlequins ! nossos arlequins estão obtendo vários e importantes vitórias.

É um longo trabalho, são centenas de vítorias, dezenas de grandes cães, muitas parcerias, dividindo alegrias com tantos proprietários que confiaram em nossa missão : criar cães ce qualidade, preservando a qualidade genética, comportamental e estética da raça.

Fiquei honrado a ser convidado a ser o coordenador do Conselho Brasileiro da raça Dachshund, cargo que assumi em  janeiro de 2016.

Somos a tradição , a excelência e a vanguarda da raça, pois estamos sempre buscando melhorar mais , mais e mais......

 

 

 

 

×
Dúvidas/Vendas
(15) 99600-7023

Qualquer dúvida chame-nos em nosso WhatsApp ;)